terça, 17 de julho de 2018

Ficha Limpa

Maluf recorre ao TSE para garantir diplomação

15 DEZ 2010Por Brasília05h:20

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) recorreu ontem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para garantir sua diplomação, na próxima sexta-feira (17). Mesmo barrado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), com base na Lei da Ficha Limpa, ele foi reeleito com quase 500 mil votos.

Maluf teve o registro de candidato negado por causa de uma condenação, de abril deste ano, por improbidade administrativa. Ele foi acusado por uma suposta compra superfaturada de frangos para a Prefeitura de São Paulo, em 1996, quando era prefeito. Ele recorreu e, anteontem (13), o Tribunal de Justiça de São Paulo o inocentou da acusação.

Na apelação, o parlamentar pede que o TRE do Estado defira seu registro de candidatura e o proclame eleito. A defesa de Maluf alegou "urgência" e pediu que a decisão seja tomada pelo relator, ministro Marco Aurélio Mello, antes da análise do plenário.

Leia Também