Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Conta-gotas

MAL DE PARKINSON E DEPRESSÃO

25 JAN 10 - 07h:35
Uma técnica similar ao uso do marcapasso, em pacientes cardíacos, tem sido usada com sucesso para tratar doenças do sistema nervoso, como o mal de Parkinson, e até casos de depressão e outros transtornos psiquiátricos, quando os medicamentos não trazem resultados. Chamado de neuroestimulação por eletrodos, o procedimento – minimamente invasivo – consiste em implantar um pequeno aparelho que envia estímulos elétricos à região do cérebro envolvida nos sintomas da doença. Apesar de ser realizado há mais de dez anos no exterior, o tratamento ainda é pouco difundido entre os brasileiros. Embora a neuroestimulação por eletrodos já venha sendo utilizada em transtornos psiquiátricos refratários a remédios há alguns anos, o Brasil fez apenas uma cirurgia desse tipo, até hoje, para depressão. Não se pode dizer que todos os pacientes vão responder bem ao procedimento, mas é importante que haja a alternativa, uma vez que 20% dos casos são refratários a qualquer tratamento existente, como remédios, terapia e eletrochoque.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ESCLARECIMENTOS

Bolsonaro justifica ao STF falas sobre Dilma e Santa Cruz

Fala sobre Dilma foi genérica, segundo o presidente
BASQUETE

Brasil volta a vencer a China em amistoso antes do Mundial

Estreia na Copa do Mundo está marcada para 1º de setembro
NO TWITTER

Ministro critica Macron: 'calhorda' oportunista buscando apoio do lobby agrícola

Weintraub disse que os franceses estão enfrentando mesmas ameaças que brasileiros
SEM REPRESENTANTES

Brasileiros perdem e ficam fora das primeiras finais no Mundial de Judô

País ainda terá mais 16 atletas na competição em Tóquio

Mais Lidas