CAMPO GRANDE

Major-médico é cassado por denúncia de abuso sexual

Major-médico é cassado por denúncia de abuso sexual
18/07/2012 11:00 - Gabriel Maymone


O Conselho Regional de Medicina (CRM) cassou a licença do major-médico do exército Marcus Vinícius Carreira Bentes, denunciado por abuso sexual a uma paciente durante exame ginecológico no Hospital Geral de Campo Grande em 2007.

Segundo a denúncia, na época, o médico atendeu a uma paciente com problemas renais que o procurara para entregar o resultado de exames solicitados por outro urologista. Ela afirma que o médico, após pedir-lhe para levantar o vestido para um exame, a tocou sem luvas.

Marcus já havia sido condenado em 2010, mas recorreu ao Conselho Federal de Medicina (CFM), que manteve a condenação. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".