Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 11 de dezembro de 2018

CRISE

Mais de 8 mil empregos foram cortados esse ano, diz governo de Portugal

19 MAI 2011Por ESTADÃO18h:30

O Ministério das Finanças da Portugal disse nesta quinta-feira, 19, que 8.103 empregos foram cortados da administração central do governo desde o início do ano, uma vez que o governo continua a buscar maneiras de reduzir seu amplo déficit orçamentário. O número de empregos cortados equivale a 1,6% dos empregados na administração central.

O Ministério das Finanças informou em nota que o governo está reduzindo o número de funcionários sistematicamente desde 2005 e que somente em 2010 cortou o número de trabalhadores na administração central em 10.570.

Portugal está implementando uma série de pesadas medidas de austeridades com intenção de equilibrar seu orçamento e recuperação econômica, em meio a elevação dos custos para tomada de empréstimos.

Na segunda-feira, a União Europeia aprovou um pacote de ajuda para Portugal de 78 bilhões de euros. Em troca, o país terá de reduzir 500 milhões de euros ao ano os gastos do governo central e reestruturar os mercados de trabalho e imobiliário. O déficit terá de cair para 5,9% do PIB em 2011 e para 4,5% do PIB em 2012, de 9,1% do PIB em 2010. As informações são da Dow Jones.


 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também