Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

CAMPANHA CONTRA GRIPE

Mais de 24 mil gestantes ainda não se vacinaram

17 MAI 2011Por da redação11h:25

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe foi prorrogada em Mato Grosso do Sul para os municípios que ainda não atingiram suas metas de cobertura vacinal. De acordo com o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização, até hoje de manhã (17) foram vacinadas no Estado um total de 293.459 pessoas. A meta da Secretaria Estadual de Saúde (SES) é imunizar 421.902 pessoas.

As gestantes continuam com cobertura vacinal baixa. A orientação da SES é que elas procurem os postos de saúde para vacinar. A cobertura até agora é de 39.02% - sendo 15.715 mulheres imunizadas de uma meta total de 40.276 gestantes. A “gripe suína”, causada pelo vírus influenza A/H1N1, já demonstrou provocar mais complicações e mortes entre as gestantes.

“As gestantes apresentam piores complicações com o vírus H1N1. Elas podem ter pneumonia e com isso precisam tomar antibióticos havendo também a possibilidade de ter um parto prematuro”, alerta o secretário adjunto da SES, Eugênio de Barros.

O secretário adjunto ressaltou que as gestantes podem tomar a vacina tranquilamente porque não é um vírus vivo, mas é tecnicamente inativada. “Ela é segura e selecionada pelo Ministério da Saúde”, garantiu. Ele explica que a vacina leva pelo menos 20 dias para gerar anticorpos e proteger a pessoa da gripe. “Estas questões climáticas favorecem a circulação do vírus principalmente com a chegada do inverno”, alertou.

Balanço

Em Mato Grosso do Sul a cobertura vacinal totaliza 69.56%. Os dados mostram também que no grupo prioritário das crianças de seis meses a menores de 12 anos já foram distribuídas 42.334 doses da vacina contra a gripe, de uma meta de 61.841, perfazendo 68.46% de cobertura vacinal. Em relação ao grupo de trabalhadores de saúde já foram imunizados 27.081 de um total de 28.252 pessoas, o que corresponde à cobertura de 95.86%. No grupo prioritário dos indígenas, do total de 68.883 já foram imunizados 47.833 índios, perfazendo 69.44%. Em relação aos idosos, 160.496 pessoas já receberam a vacina de uma meta de 222.650, numa cobertura de 72.08%.

A SES informa que cada cidade tem a autonomia de decidir até quando a vacinação será prorrogada. O apoio do governo do Estado continua com a manutenção das visitas das equipes da saúde e dos cuidados para manter as boas condições dos insumos como as vacinas, seringas e agulhas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também