Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Escolas

Mais de 20 mil cartilhas de combate ao bullying serão distribuídas

19 MAI 2011Por Gabriel Maymone12h:00

A partir de hoje, escolas de rede municipal irão incluir a Cartilha de Combate ao Bullying no plano pedagógico de ensino. O projeto é uma lei aprovada na Câmara Municipal de Campo Grande de autoria dos vereadores Paulo Siufi e Prof.ª Rose.

A cartilha foi produzida por pedagogos e psicólogos e será direcionada aos educadores e alunos. Ela faz parte de uma lei municipal, mas a vereadora afirma que já foram impressas mais de 20 mil cartilhas e que haverá participação das escolas estaduais e particulares.

São duas cartilhas, uma direcionada aos educadores de como trabalhar dentro da escola, no combate e recuperação de quem ta praticando e outra direcionada aos alunos, com ilustrações e linguagem mais acessível.

O projeto prevê a criação de um centro dentro das escolas, formado por pais e educadores, que irá analisar e encaminhar os casos registrados na escola, “Vamos tentar viabilizar um disque-denúncia, que irá receber as denúncias e a ideia é que não haja uma punição, mas sim uma medida sócio-educacional, bullying não pode ser caso de polícia”, diz a Prof.ª Rose.

Lançamento

O lançamento oficial da cartilha acontece hoje (19) a partir das 14h no Plenário da Câmara Municipal de Campo Grande, na Rua Ricardo Brandão, 1.600 - Jatiuka Park.

Haverá apresentação do grupo teatral 'Curumim' e palestra com o psicólogo José Augusto Pedra, fundador do Centro Multidisciplinar de Estudo do Bullying Escolar, que atua em Brasília desde 2004 combatendo o bullying, nas escolas do Distrito Federal e no final, os educadores poderão fazer perguntas ao palestrante.

Membros da Secretaria Municipal e Estadual de Educação, Assistência Social, Promotoria da infância e Juventude, Delegada Titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) Maria de Lourdes Cano e conselho tutelar.

Leia Também