Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Mais de 1,7 milhão devem ir às urnas em MS

28 SET 2010Por 13h:52

Fernanda BRigatti

A cinco dias das eleições, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) acerta os últimos detalhes para receber 1 milhão 702 mil e 511 eleitores aptos a votar em Mato Grosso do Sul no próximo domingo, 3 de outubro. Em Campo Grande serão 1.507 seções que devem receber 541.716 eleitores. Ao todo, serão 5.149 seções em todo o Estado.
Estão “a postos” 54 juízes e 54 promotores eleitorais, que atenderão o mesmo número de zonas eleitorais. Ao todo, 20.596 mesários atuarão neste ano, orientando a votação que será realizada em 6.227 urnas eletrônicas, 1.078 das quais são reserva. Desse número, 442 são adaptadas com fone de ouvido e gravações em áudio para entender deficientes visuais.
Segundo informações da Justiça Eleitoral, Mato Grosso do Sul tem 479 seções em locais de difícil acesso. Em 169 delas o TRE usará um sistema via satélite para a transmissão de votos. Nesses locais, 41.886 eleitores estão aptos a votar. Nas demais, 84.959 pessoas estão habilitadas a escolher os próximos deputados, senadores, governador e presidente.

Fora da cidade
Quem não estiver em seu domicílio eleitoral no dia 3 de outubro precisa justificar a ausência. O formulário pode ser obtido no site do TRE (www.tre-ms.gov.br) ou diretamente em uma seção eleitoral. O eleitor pode entregar o formulário até 60 dias após as eleições. Se o motivo da ausência no processo for viagem ao exterior, a pessoa tem 30 dias para apresentar justificativa, comprovada pelo passaporte, a partir do retorno ao Brasil.
A multa para quem não votar e não apresentar justificativa fica, em médica, em pouco mais de R$ 3. A punição é cobrada por eleição ou por turno faltoso.

Leia Também