Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

custo médio

Mais caro no Estado, etanol perde vantagem

9 JAN 2011Por Edivaldo Bitencourt00h:00

Em uma semana, o preço do litro do etanol ficou dois centavos mais caro em Mato Grosso do Sul. O encarecimento acabou com a vantagem do produto em relação a gasolina na hora de abastecer na maioria dos estabelecimentos do Estado, segundo a pesquisa de preços divulgada ontem pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Em relação ao final de dezembro, o custo médio do etanol ao consumidor subiu de R$ 1,841 para R$ 1,861 no Estado. O valor representa 70,3% do cobrado pela gasolina, de R$ 2,645. O combustível produzido a partir da cana-de-açúcar só tem vantagem onde está em promoção. O menor preço praticado no Estado é de R$ 1,699, encontrado em alguns postos de Campo Grande, onde o preço representa 67,9% da gasolina (R$ 2,499).

O mesmo aconteceu em Campo Grande, onde o preço médio do álcool também ficou dois centavos mais caro, de R$ 1,829 para R$ 1,849. Isto representa 70,19% do custo médio da gasolina, de R$ 2,634. O combustível teve pequena redução na cidade, onde os postos promovem promoção com o litro cotado a R$ 2,499, contra R$ 2,54 na semana do Natal.

Geralmente, conforme o levantamento da ANP. os proprietários de veículos flex devem optar pela gasolina onde o etanol custa mais de R$ 1,869. Para saber se o etanol compensa, divida o valor do produto pelo da gasolina. Se o resultado for inferior a 0,70, opte pelo etanol. Se for superior, a melhor opção é a gasolina.

Leia Também