Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Pesquisa

Maioria dos produtos natalinos está mais caro neste ano

15 DEZ 2010Por VERA HALFEN00h:00

O consumidor campo-grandense vai pagar mais caro pelos produtos consumidos neste Natal. Dos 57 itens analisados da cesta natalina, 37 apresentaram aumento nos preços. Entre os produtos específicos de Natal, a uva foi a que apresentou maior variação em relação ao ano passado: 66,67%. O queijo minas tambem está mais ‘salgado’ e subiu 51,46%, seguido da castanha do Pará que reajustou 49,5%.

Já os preços do peru, chester e vinho branco estão até 16,99%; 17,42% e 35,78%, respectivamente, mais elevados. Por outro lado, foram percebidas quedas significativas de preços do filé de merluza, de -37,43%, e nozes, com -37,92%.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais (Nepes), da Universidade Anhanguera-Uniderp, Celso Correia de Souza, "as festas deste fim de ano serão mais dispendiosas daquelas ocorridas no final do ano de 2009. A variação média da cesta natalina de 2009 para 2010 foi de 9,5%, bem acima da inflação acumulada nesse período, na cidade de Campo Grande, que foi de 5,93%", afirma.

Leia Também