Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Maioria dos doadores de sangue não é voluntária

Maioria dos doadores de sangue não é voluntária
17/06/2012 07:00 - r7


Pesquisa feita pelo Hospital A.C.Camargo revelou que apenas 20% de seus doadores de sangue são realmente voluntários. Os outros 80% são parentes ou amigos de pacientes internados na instituição. Essa característica determina, segundo a médica Rivânia Almeida de Andrade, hematologista da instituição, uma dificuldade para que os doadores se fidelizem ao hospital. Muitos deixam de doar assim que o paciente deixa o hospital.

— O brasileiro não tem a cultura de fazer a doação. Não é educado para fazer essa prestação de serviço voluntário. As pessoas só conhecem a importância e a necessidade da doação quando sente na própria pele.

Na Santa Casa, que abastece nove hospitais da capital, o perfil do doador é semelhante: 66% dos doadores têm vínculo com algum paciente internado. Em maio, a unidade recebeu 1.658 doações, das quais 1.095 vieram de amigos e parentes de receptores. Já no Hospital 9 de Julho, a porcentagem dos doadores vinculados a pacientes também é de 66%. O Serviço de Hemoterapia da instituição recebe cerca de 500 doações mensais.

Na Fundação Pró-Sangue, o perfil do doador é diferente: 85% não tem qualquer relação com pacientes que necessitem de sangue. Para a médica Selma Soriano, hematologista da Pró-Sangue, essa diferença deve-se aos perfis dos bancos de sangue e das campanhas realizadas por eles. Enquanto outras unidades buscam a reposição dos estoques utilizados pelos próprios pacientes, o que torna mais viável a adesão entre os familiares e amigos, a Fundação Pró-Sangue fornece para diversos hospitais, o que pede uma campanha de conscientização mais ampla.

O HSPE  (Hospital do Servidor Público do Estado) também tem uma parcela grande de doadores voluntários: 70% tem esse perfil, enquanto 30% doa para pacientes específicos.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...