Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Maiores cidades do planeta anunciam terça-feira metas para reduzir emissão de gases

17 JUN 12 - 23h:00AGÊNCIA BRASIL

O prefeito Eduardo Paes confirmou hoje (17) que as 60 maiores cidades do planeta, grupo conhecido como C40, anunciarão na próxima terça-feira (19) metas para redução da emissão de gases de efeito estufa. O comunicado será feito em evento paralelo à Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). “A tomada de decisão pelas maiores cidades do mundo [de redução das emissões] tem impacto efetivo e tem de acontecer. Não adianta só os chefes de Estado tomarem decisões e os prefeitos, a sociedade e a iniciativa privada, não. Cada um faz sua parte”, afirmou Paes, durante a reinauguração do Movimento à Paz, instalado no centro da cidade durante a Eco 92.

Sem antecipar a meta de redução, estimada em 20% da atual, Eduardo Paes informou que o anúncio será feito pelo prefeito de Nova York, Michael Blommberg, em evento no Forte de Copacabana, na zona sul do Rio. Segundo Paes, a meta de redução dos gases tóxicos pelas grandes cidade se somará aos compromissos assumidos pelos chefes de Estado na conferência das Nações Unidas. Perguntado se o evento Humanidades 2012, organizado em uma estrutura montada especialmente para exposições e palestras no Forte de Copacabana, pode ser estendido, o prefeito sinalizou que sim: “se o prefeito gosta, tem chances”, disse Paes sobre a área, que é militar. “A Torre Eiffel também foi construída para uma exposição, em Paris”, completou.

Durante a reinauguração do Monumento à Paz, que contém pedaços de terra de cerca de 108 países, o secretário-geral da ONU para a Rio+20, Sha Zugang, disse que tanto a conferência de 1992 quanto a deste ano não aconteceriam sem a liderança do Brasil. “Agradeço também ao Rio pela quente acolhida”, disse ele ao prefeito. E completou: “a cidade será sempre identificada com os compromisso do Brasil para o desenvolvimento sustentável e do espírito de parceria global.”

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

POLÍTICA

Ex-presidente da Assembleia advoga para 14 sindicatos

Júnior Mochi concorreu ao governo nas últimas eleições
Ônibus quebrados causam transtornos aos usuários na Capital
PATRULHA DA CIDADE

Ônibus quebrados causam transtornos aos usuários

Servidores vão à Assembleia protestar conra corte de abono e reajuste
NEGOCIAÇÃO DURA

Servidores protestam contra cortes na Assembleia; Veja

BRASIL

Carlos Bolsonaro critica Mourão pelo terceiro dia consecutivo

Mais Lidas