Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Mães de gêmeos vivem mais

14 MAI 2011Por itodas - uol02h:30

O dobro de fraldas, de cortes de unhas, duas vezes mais comida e mais preocupação. Há quem ache que ser mãe de dois ao mesmo tempo é desgastante demais. Mas todo trabalho árduo pode trazer recompensas inesperadas: um estudo americano sugere que mulheres que têm filhos gêmeos vivem mais, são mais resistentes e mais férteis.

A análise, publicada na revista "Proceedings of the Royal Society", explica que não é o fato de ter dois filhos simultaneamente que dá vantagens a mulheres e sim o contrário, Como são mais saudáveis e mais férteis, têm mais chances de gêmeos. Além disso, mulheres que geraram gêmeos têm idade reprodutiva maior, tendo filhos até mais tarde que outras mulheres.

O estudo examinou mulheres que viveram até após a menopausa e não as que morreram mais cedo, como na hora do parto. Para o demógrafo Ken. R. Smith, autor sênior do estudo e professor de estudos da família e do consumidor na universidade, é comum que mulheres mães de gêmeos, trigêmeos e assim por diante tenham complicações médicas ou sua saúde comprometida, mas o estudo tratou numa visão de longo prazo. Ainda segundo Smith, o diferencial é que a grande maioria das mães de gêmeos atinge a idade de 50 anos, e é observado que elas têm vidas mais saudáveis.

O estudo analisou 58.786 mulheres que nasceram no estado de Utah, nos Estados Unidos, entre 1807 e 1899 e que viveram, ao menos, até 50 anos. Dessas, 4.603 foram mães de gêmeos. Segundo os cientistas, a vantagem de analisar dados tão antigos é que se pode observar os gêmeos gerados de forma natural, antes do surgimento dos tratamentos de fertilidade.

Leia Também