Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 11h19min

Mãe e filho se reencontram depois de 28 anos de separação

9 MAR 10 - 08h:43
“Bênção mãe”. As palavras que demonstram respeito foram as primeiras ditas por Vandir Domingos Euzébio, 33 anos, à mãe, Beatriz Domingos Euzébio, 51 anos, depois de 28 anos sem vê-la. Ela respondeu com “acabou o sofrimento meu filho”. O reencontro emocionante aconteceu na tarde de ontem, em Campo Grande. Separação Beatriz era casada com Aparecido Domingos Euzébio, já falecido, com o qual teve cinco filhos. Devido ao comportamento violento do esposo, ela decidiu fugir de casa e levar os meninos, ainda muito crianças. “Fiquei uma semana fugindo, indo de uma cidade para outra. Ele me achou, dizia que iria me matar e tomou meus filhos”, conta a camareira de um hotel no distrito de Albuquerque, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. Aparecido então fugiu com os filhos para Miranda. O pai dizia aos meninos que havia matado a mãe deles e, com medo que Aparecido fosse preso, os garotos não o denunciava. O pai morreu vítima de acidente de trabalho e os meninos voltaram para a casa dos avós, mas, foram largados em um orfanato com apenas duas peças de roupas e um chinelo com os pés trocados. Vandir ficou um tempo no local e depois seguiu para Campo Grande, onde mora. Reencontro Desde que soube do paradeiro de Vandir, Beatriz passou a ter contato com ele por telefone. Ontem, ela viu o filho pela primeira vez depois de 28 anos. “Agora eu estou feliz. Ele está bem de saúde”, declarou a camareira. “Agora eu posso falar que tenho filhos e netos”, disse Beatriz com lágrimas nos olhos. A fel icidade da “nova” família é tanta, que a filha mais nova de Vandir, Michele, já quer passar as férias escolares com a avó no Pantanal. “Eu gosto dela. Quero passar as férias com ela, não tenho medo dos bichos”. “Meu pai dizia que quando visse a mãe dele ia dar um abraço bem forte nela”, revelou Michele. E foi o que Vandir fez quando reencontrou Beatriz.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em tratamento contra a dengue, menina precisa de doação de plaquetas
SOLIDARIEDADE

Menina precisa de doação de sangue e plaquetas

Smartphone tem diferença  de preço de até R$ 550 na Capital
PESQUISA

Smartphone tem diferença de preço de até R$ 550 na Capital

Solurb tem 15 dias para mostrar cronograma de restauração ambiental
PRADA

Solurb tem 15 dias para mostrar cronograma de restauração ambiental

Homem pega nas nádegas de mulher dentro de ônibus em Campo Grande
ABUSO

Homem pega nas nádegas
de mulher dentro de ônibus

Mais Lidas