Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

SEGURANÇA

Mãe de fundador do WikiLeaks visita Equador para apelar por asilo ao filho

30 JUL 2012Por g122h:00

A mãe do fundador do Wikileaks, Julian Assange, visitou o Equador nesta segunda-feira (30) para pedir que o país conceda asilo a seu filho. Christine Assange declarou que ele está sob estresse psicológico extremo e sente que a sua única opção é buscar segurança no Equador.

Assange está refugiado na embaixada equatoriana em Londres desde 19 de junho. O ex-hacker de computador, que enfureceu Washington em 2010 quando seu site WikiLeaks publicou telegramas diplomáticos secretos dos Estados Unidos, é procurado para interrogatório na Suécia por acusações de crimes sexuais.

O ativista australiano quebrou seus termos de fiança e pediu asilo no Equador porque teme que possa ser enviado aos Estados Unidos, onde a sua vida estaria em risco.

"Ele é amante da liberdade, ele não pode correr, ele não pode ir para fora ver o céu, do lado de fora a polícia britânica espera como cães para levá-lo ... ele não pode se exercitar da maneira que normalmente poderia e está sob estresse psicológico extremo", disse Christine em uma entrevista ao vivo à televisão local.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também