segunda, 23 de julho de 2018

Mãe de Eliza Samúdio deve ser ouvida hoje à tarde no Fórum da Capital

5 OUT 2010Por Vânya Santos04h:30



O interrogatório de Sônia de Fátima Marcelo da Silva Moura, mãe de Eliza Samúdio, ex-amante do goleiro Bruno, do Flamengo, foi remarcado para as 15h30min de hoje. A audiência estava agendada para as 13h45min de ontem, mas precisou ser remarcada porque a testemunha não havia sido intimada.
Sônia foi arrolada pela defesa do goleiro – principal suspeito de ter desaparecido com a jovem – e será ouvida por meio de carta precatória, pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Aluízio Pereira dos Santos. Quando do sumiço de Eliza, ela tentava provar na Justiça que Bruno era o pai de seu filho.
A advogada de Sônia, Maria Lucia Borges Gomes, explicou que o magistrado chegou a abrir a audiência ontem, mas, diante da ausência dos advogados do réus e da falta de intimação da testemunha, o interrogatório foi marcado para outra data. “O juiz nomeou um defensor público para representar a defesa e eu me comprometi a apresentar a dona Sônia amanhã (hoje)”.
Além deste interrogatório, estão confirmadas audiências para os próximos dias 8, 13 e 14, em Belo Horizonte. Na ocasião, a mãe de Eliza seguirá até Minas Gerais para prestar depoimento, mas desta vez como testemunha de acusação.
Para a advogada Maria Lucia, a defesa do goleiro Bruno arrolou a mãe de Eliza como testemunha como uma forma de “tumultuar” o processo. “Isso não existe. Ela perdeu a filha de uma forma macabra e vai testemunhar em defesa de quem fez isso? O que eu percebo é que estão querendo passar uma imagem negativa da vítima, dizendo que a mãe era ausente e que a filha estava no mundo, mas isso não justifica eles deixarem uma criança sem mãe”, opinou.

Caso
Eliza se relacionou com o goleiro Bruno no ano passado, engravidou e afirmou que o pai de seu filho era o atleta. A criança nasceu no início deste ano e desde julho está com a avó Sônia, no distrito de Anhanduí. Já a mãe do bebê desapareceu em junho, depois de seguir para o sítio de Bruno. O corpo da jovem ainda não foi encontrado e os acusados negam qualquer envolvimento no caso.

Leia Também