Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Maduro garante 'mão de ferro' contra assassinos na Venezuela

8 JAN 14 - 07h:15AGÊNCIA BRASIL

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nessa terça-feira (7) que seu governo terá "mão de ferro" contra assassinos de "homens e mulheres de bem" no país. "Quem matar vai ter uma resposta com mão de ferro, com autoridade democrática, com a Constituição na mão, mas não podemos aceitar isso, que ninguém duvide. Queremos a paz", acrescentou.

Nicolás Maduro reagiu assim à notícia do assassinato da ex-miss Venezuela Mônica Spear Mootz, de 29 anos, por vários homens armados, que assaltaram o carro em que ela estava.

"Não vai haver tolerância com os que pretendam manter ações desse tipo, matar homens e mulheres de bem, que têm direito à vida" disse. Ele apelou "aos jovens que integram grupos violentos para cessar com os crimes já".

O presidente venezuelano lembrou que será reestruturado o Programa Plano Pátria Segura de forma a melhorar a coordenação policial. "Na Venezuela tem que haver respeito pela lei, tem que haver ordem, tem que haver respeito pela vida", destacou Maduro.

A polícia venezuelana confirmou ontem que Mônica, que estava em visita ao país, foi assassinada depois de atacada por um grupo de homens armados. O automóvel em que seguia com o marido apresentou problema na estrada que liga Valência a Puerto Cabello. Os assaltantes mataram também o marido dela, o empresárioThomas Henry Berry, de 49 anos e nacionalidade irlandesa. No ataque ficou ainda ferida a filha do casal, de 5 anos.

As autoridades informaram que cinco pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento no assassinato, entre eles dois menores.

Com informações da Agência Lusa

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

J.Bandeira: "O que Lula está tentando fazer a gente engolir"

Economista e bacharel em Direito
OPINIÃO

Ângelo Rabelo: "O fogo nosso de cada dia"

Coronel da reserva da Polícia Militar, fundador do Instituto Homem Pantaneiro

Felpuda

LANÇAMENTO DE FOGUETES

Senado aprova acordo entre Brasil e EUA para utilização da base de Alcântara

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião