Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

DECISÃO

Madureira está garantido na Série C do Brasileirão em 2011

28 OUT 2010Por DA REDAÇÃO19h:16

 

Após mais de uma hora de julgamento e por maioria dos votos, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou o recurso da promotoria e absolveu o Madureira quanto à denúncia de escalação irregular do atleta Wesley, que atuou em três partidas da primeira fase sem ter seu nome citado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

No julgamento, no dia 01 de setembro, na primeira instância, o Madureira tinha sido absolvido, pelo departamento jurídico do clube alegou que a CBF enviou a documentação ao STJD três dias depois do prazo máximo. Assim, o advogado Mário Bittencourt pediu a decadência do processo, e assim o caso não foi analisado em seu mérito.

Após saber do resultado, em primeira instância, a procuradoria do STJD entrou com recurso, sendo julgado nesta quinta-feira. O procurador-geral, Paulo Schmitt, durante o processo, disse que foi surpreendido com a primeira decisão sobre o caso diante da preliminar de decadência aceita pelos auditores de primeira instância.

No oposto, o defensor do Madureira, Pedro Diniz, garantiu que este caso de preliminar de decadência não é inédito e que já ocorreu, em 2009, casos semelhantes.

Depois de todo o julgamento, o certo é que o Madureira está no Campeonato Brasileiro da Série C de 2011 e perdeu a vaga na final para o América-AM, que será julgado nesta sexta-feira, por ter escalado o volante Amaral de forma irregular. 

Com Futebol Interior

Leia Também