Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Flamengo

Luxemburgo muda time para Ronaldinho brilhar

5 FEV 2011Por Terra08h:30

Antes do treino de finalização, Vanderlei Luxemburgo avisara: "Quem isolar a bola terá que buscá-la". Chegou, então, a vez de Ronaldinho. Leonardo Moura cruzou, e o craque, no alto, emendou de letra, no ângulo, com uma naturalidade que fez parecer fácil tal malabarismo.

A cada toque na bola, o astro do Flamengo prova que merece ser o foco das atenções. A missão do treinador, agora, é fazer a estrela brilhar em campo. Enquanto o camisa 10 ofusca a todos no dia a dia, o treinador segue à procura de uma formação que deixe o meia à vontade para encantar a torcida. Amanhã, às 17h, contra o Boavista, em Macaé, Egídio estará de volta à lateral, e Renato, ao meio. Vander ficará no banco.

"Tem que se achar o espaço em que o Ronaldinho possa render mais. Não aquele mais confortável para ele. No Barcelona, ele jogava do lado esquerdo, mas tinha o Messi, o Xavi, o Iniesta, entre outros. Aqui tenho a estrela principal, e ela tem que ser mais atuante e participativa", afirmou Vanderlei.

Antes de tirar onda no Ninho do Urubu, Ronaldinho curtiu uma praia na Barra da Tijuca. E finalmente matou a sua sede por futevôlei. Á tarde, ainda sobrava fôlego para ele se dedicar no coletivo e nas finalizações, no Centro de Treinamento em Vargem Grande. O pulmão em dia lhe permitiu jogar o tempo todo na estreia contra o Nova Iguaçu.

Para Ronaldinho brilhar, porém, a ideia é que ele conte com a energia de seus companheiros. Willians é um exemplo, segundo o próprio Vanderlei, de quem o meia pode roubar alguns volts.

"O time depende muito do Ronaldo. Imagina o talento dele só pela esquerda? A gente o quer em todos os setores. A equipe tem que girar e marcar por ele, para deixar o talento do Ronaldo à disposição do time", explicou. "Alguém tem que correr. O gol do Willians é conseguir tirar a bola. Estou melhorando o passe dele", completou.

Leia Também