Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

LIBERTADORES

Luxemburgo diz que vai atacar em duas frentes

27 AGO 2012Por TERRA00h:00

O técnico gremista Vanderlei Luxemburgo, disse após a vitória do Grêmio por 1 a 0 contra o Internacional, embate ocorrido na tarde deste domingo, em Porto Alegre, no estádio do Beira-Rio, que agora vai montar duas frentes em busca de uma das vagas para a Libertadores. "Vamos fazer duas frentes: na Sul-Americana e no Campeonato Brasileiro buscando sempre estar sempre na frente", disse ele ao comemorar os 37 pontos conquistados na primeira fase do Brasileirão.

"Nós temos que repetir no segundo turno a nossa campanha e não esquecer da Sul-Americana, porque pode ser um time brasileiro campeão e diminui mais uma vaga", disse.

Para Luxemburgo o desempenho no primeiro turno, se repetido na segunda etapa, pode dar ao Grêmio o título brasileiro, no entanto, afirma que o percentual de vitórias dos times que estão na liderança é difícil de ser batido.

"Nós encostamos ali, com 37 pontos, não sei se eles (os líderes) vão manter esse percentual, mas se mantiverem, o que vamos fazer? Bater palma...", afirmou.

Luxemburgo elogiou os esforços de Fernandão, técnico colorado, na partida e disse que mudança de posição de Kleber, que liberou Guiñazu e Fabrício, deu muito trabalho para defesa tricolor, "o inter esteve muito próximo de empatar no final do primeiro tempo", disse.

No entanto, apesar da vitória, ele rejeitou os rótulos de herói e bandido que a imprensa dá aos técnicos do time derrotados e vitoriosos no caso de clássicos como o Gre-Nal. "Não tem receita, não tem herói , não tem bandido... agora o Fernandão vai ser bandido porque não ganhou o Gre-Nal, ou o Luxemburgo é melhor porque ganhou... Isso é futebol, é apaixonante, o Inter esteve próximo, mas em futebol a bola, às vezes, bate na bunda e entra, bate na trave e sai, então isso é... não tem receita", brincou.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também