Segunda, 11 de Dezembro de 2017

EXECUÇÃO

Lutador de MMA é assassinado em Natal

12 FEV 2014Por TERRA16h:15

Em apenas 48h, a cidade de Natal registrou mais um atentado contra um lutador de MMA. Depois de Luiz de França, da Kimura Nova União, a “bola da vez” foi Guilherme Kioto, que defende a Pitbull Brothers, fundada por Patrício e Patrick Pitbull, atletas do Bellator.

O paraense Guilherme, de 30 anos, foi vítima de um atentato na noite de terça-feira (12) e recebeu vários disparos ao ser abordado por dois homens em uma moto, no bar Mania do Açaí, em Nova Parnamirim. Levado ao hospital Walfredo Gurgel, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. As informações são do site No Minuto.

O crime está sendo investigado pela polícia, que fez buscas na região, mas, até o momento, nenhum suspeito foi detido.

Formado em Educação Física, Guilherme tinha cartel composto por 19 vitórias e nove derrotas. Em sua última luta, em dezembro do ano passado, pelo Jungle Fight, ele venceu João Piccirillo, por decisão unânime dos jurados.

Leia Também