Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CBF

Lusa diz que sofreu ameaça de desfiliação

Lusa diz que sofreu ameaça de desfiliação
20/02/2014 09:12 - terra


O vice-presidente jurídico da Portuguesa, Orlando Cordeiro, afirmou ao jornal Folha de S. Paulo que o clube vem sofrendo ameaças da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que não entre na Justiça comum para tentar reverter o rebaixamento à Série B. Segundo o dirigente, "pessoas da entidade" disseram que a Lusa será desfiliada caso siga adiante no caso. Porém, segundo Cordeiro, o time rubro-verde está determinado a ir até as últimas instâncias para não ter que jogar a segunda divisão em 2014.

A Portuguesa decidiu na última terça-feira entrar na Justiça comum contra a decisão do STJD de retirar quatro pontos do clube pela escalação irregular do meia Héverton, na última rodada do Brasileiro do ano passado. O presidente rubro-verde Ilídio Lico convocou uma reunião com os conselheiros para ter respaldo no caso de uma eventual punição ao clube. Até agora, a CBF conseguiu derrubar todas as liminares conseguidas por torcedores lusitanos na Justiça comum que invalidavam a decisão do STJD.

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.