Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Lula vem a MS com Dilma e André adia viagem à Rússia

10 FEV 10 - 22h:42MARCO EUSÉBIO
Ao confirmar a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da pré-candidata à sucessão presidencial, ministra- chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à cidade de Três Lagoas, no dia 19 deste mês, o governador André Puccinelli (PMDB) decidiu ontem cancelar a viagem que faria à Europa no período do dia 12 ao dia 23. “Adiamos a viagem para receber o presidente”, anunciou o vice-governador Murilo Zauith (DEM), depois de se reunir com o governador na tarde de ontem. A comitiva presidencial não virá a Campo Grande, conforme planejava o prefeito Nelsinho Trad (PMDB). Ao confirmar com a assessoria do Planalto a visita de Lula e Dilma ao Estado, o gabinete do prefeito foi informado de que o presidente não poderá vir à Capital por falta de tempo na agenda. A intenção seria inaugurar total ou parcialmente a obra do Imbirussu-Serradinho, que está sendo feito com R$ 40 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e outros R$ 43 milhões do Fonplata, cujo projeto está 83% executado. Pela manhã, havia sido lido na sessão da Assembleia Legislativa o pedido de autorização para Puccinelli e Zauith ausentarem-se do País. A comitiva estadual seria integrada por 16 pessoas dos setores público e privado e visitaria Roma (Itália) e Moscou e Saint Petersburg (Rússia), visando a fortalecer as relações institucionais e comerciais. Na ausência do governador e do vice, quem assumiria o governo seria o deputado Jerson Domingos (PMDB), presidente do Legislativo estadual. Em Três Lagoas, Lula e Dilma visitarão a fábrica de celulose Fibria – incorporação das empresas Aracruz Celulose e Votorantim Celulose e Papel (VCP) – instalada no município em março de 2009. A empresa, que é a maior fábrica do gênero da América Latina, começou a funcionar em abril do ano passado; na ocasião Lula não pôde participar. Conforme a prefeita Simone Tebet (PMDB), desde o início da ordem de serviço era prevista a visita do presidente para a inauguração. Isso acabou não acontecendo, segundo ela, em decorrência de atrasos na agenda pela Votorantin. Convite a Lula No dia 18 deste mês, um dia antes da visita de Lula ao Estado, uma comitiva de Mato Grosso do Sul estará no Palácio do Planalto para convidar o presidente da República a participar da cerimônia de abertura da 72ª Exposição Agropecuária de Campo Grande (Expogrande) que será realizada pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul) no período de 18 a 28 de março. Integrarão a comitiva o presidente da Acrissul, Francisco Maia, o prefeito Nelsinho Trad, o suplente de senador Antônio João Hugo Rodrigues (PTB) e o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). Outros integrantes da bancada federal do Estado também devem fazer parte do grupo.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Governadores reiteram apoio a reformas e defendem reinclusão na da Previdência

BRASIL

Judeus reclamam do uso de símbolos por Bolsonaro

BRASIL

Moro autoriza envio da Força Nacional para combater desmatamento

BRASIL

Evangélicos cobram transferência de embaixada em Israel

Mais Lidas