Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

CORRESPONDENTE BANCÁRIO

Lotéricas são as mais procuradas

28 FEV 2011Por INFOMONEY08h:23

Os correspondentes bancários mais procurados para pagar contas em geral são as casas lotéricas, conforme aponta a pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Fractal.

De acordo com o levantamento, quando se trata de pagar contas em correspondentes bancários, 91,7% das contas de telefone, por exemplo, são pagas em lotéricas, enquanto 5,2% são pagas em correios, 5,1%, em farmácias e 5%, em supermercados. Já 91,4% das contas de água e 91,1% de luz são pagas em lotéricas.

No entanto, a conta mais paga em lotéricas é a de condomínio (93,7%), seguida por IPTU (92,4%), recarga de bilhete único (91,7%), conta de água (91,4%) e conta de luz (91,1%), como pode ser observado na tabela abaixo:

Contas pagas em correspondentes bancários
Despesas Casa Lotérica Correios Supermercados Farmácias
Condomínio 93,7% 2,1% 5,3% -
IPTU 92,4% 1,7% 3,4% 2,1%
Conta de telefone fixo 91,7% 7,6% 5,6% 8,5%
Recarga do bilhete único 91,7% 3,1% 3,5% 3,1%
Conta de água 91,4% 5,5% 4,9% 5,2%
Conta de luz 91,1% 5,2% 5% 5,1%

Para a realização da pesquisa, foram entrevistadas 8.722 pessoas, com renda individual mensal de R$ 250 a R$ 4 mil, em 35 cidades brasileiras.

Serviço aprovado
O levantamento ainda aponta que 97% dos brasileiros utilizam
os correspondentes bancários  até quatro vezes por semana. Além disso, o índice de satisfação dos usuários com os serviços dos agentes chega a 87,3%.

Entre os motivos que fazem com que os correspondentes sejam usados, 90,9% citaram à agilidade e velocidade na prestação de serviços. Logo em seguida vem a boa qualidade do atendimento ao usuário, com 83,5% das respostas.

Além disso, 72,3% dos respondentes disseram que usam os agentes devido ao horário de atendimento, que é superior ao dos bancos. Já 52,3% disseram que utilizam os correspondentes por serem mais próximos onde moram.

Segundo o estudo, os correspondentes bancários são uma alternativa de distribuição dos serviços capilarizados que representam uma política de bancarização inclusiva, com custos compatíveis ao risco e ao potencial de rentabilidade desse mercado.

"Os grandes bancos viram nos correspondentes a oportunidade de oferecer serviços de melhor qualidade às populações carentes, com a redução do tempo de espera em filas, facilitando, inicialmente, seus pagamentos e recebimentos", explicou o diretor presidente da Fractal, Calso Grisi.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também