Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Danos Morais

Loja que acusou cliente de furtar sandália terá que pagar R$ 10 mil

11 JUL 12 - 12h:00Taryne Zottino

A loja de calçados Studio Z terá que pagar R$ 10 mil por danos morais para a cliente M.C.M.E.F por acusá-la de roubo no dia 16 de setembro do ano passado. Além disso, loja e vendedor deverão se retratar por meio de publicação no jornal Correio do Estado. O compromisso foi firmado em audiência de conciliação na 1ª Vara Cível da comarca de Campo Grande (MS). 

De acordo com os autos, no final da tarde, a mulher estava na Studio Z, quando saiu em direção ao banheiro feminino do shopping onde a loja fica localizada e foi abordada por três homens. Segundo ela, eles não se identificaram e a forçaram a retornar à loja. Quando chegou ao local, que já estava fechado, a mulher foi acusada pelos funcionários de ter furtado uma sandália. Apesar de negar o furto, ela foi encaminhada para a delegacia. Depois disso, provou ter comprado a sandália em Santos (SP) antes do ocorrido.

Segundo consta no boletim de ocorrência, ela foi abordada de forma mal educada e acusada de furto publicamente. Testemunhas também afirmam que os seguranças da loja foram grosseiros e levaram M.C.M.E.F de volta para a loja na frente de várias pessoas.

(Com informações do TJMS)

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Gaudêncio Torquato: "Ciclo das lorotas chega ao fim"

Jornalista e professor da USP
OPINIÃO

Renato Falchet Guaracho: "O mito do juiz de garantias e o ativismo judicial do STF"

Felpuda

LEI

Juiz de garantias vai beneficiar defesas, dizem promotores ao STF

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião