Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 17h08min

LOGÍSTICA

LLX de Eike Batista, encerra 2010 com prejuízos

26 MAR 11 - 10h:34infomoney

A LLX, empresa de logística do grupo EBX, do empresário brasileiro Eike Batista, anunciou nesta sexta-feira (25) prejuízo líquido de R$ 25,38 milhões, após registrar um lucro de R$ 46,19 milhões em 2009.

“O resultado líquido consolidado apresentou prejuízo associado principalmente às despesas gerais e administrativas, que, em 2010, acumularam 96,4 milhões de reais (...) ante 63,2 milhões de reais no ano anterior”, afirma a LLX no balanço.

A companhia alcançou um resultado financeiro positivo de R$ 75,5 milhões, contra R$ 153,3 milhões de um ano antes e encerrou 2010 com R$ 118,8 milhões em caixa.

Porto do Açu
A empresa está implantando o porto do Açu no Estado do Rio de Janeiro e prevê investimentos de R$ 787 milhões no porto em 2011.

O início das atividades está previsto para o segundo semestre de 2012 e, conforme a companhia, o porto Açu será um dos três maiores do mundo, com capacidade para 350 milhões de toneladas por ano, “o que corresponde a cerca de 50 por cento do volume total de carga movimentada no Brasil no ano de 2009”, afirma o presidente da empresa, Otavio Lazcano, no balanço.

*Com informações da Reuters e do Valor Online
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Desbloqueio de rio pela PF resulta   em confronto com manifestantes
RIO PARAGUAI

Desbloqueio de rio pela
PF resulta em confronto

PM encontra 185 quilos de droga em residência no bairro Itamaracá
TRÁFICO

PM encontra 185 kg de droga em residência no Itamaracá

Governo espera resultado de prova para avaliar novo concurso
PROFESSORES

Estado espera resultado para avaliar novo concurso

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro
BRASIL

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro

Mais Lidas