Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 17h17min

Liminar derruba Funrural da soja

8 ABR 10 - 20h:35

Campo Grande

 

Liminar que pretende suspender a exigência do Funrural e autorizar o pagamento aos produtores da Associação dos Produtores de Soja de MS (Aprosoja) foi concedida ontem na Justiça Federal.

A ação que foi ajuizada há 15 dias na 2ª Vara de Justiça Federal, em Campo Grande, tem por objetivo discutir a ilegalidade da cobrança do Funrural, uma vez reconhecido o direito dos produtores de recuperar o que eles pagaram nos últimos dez anos. A ação prevê ainda medida de segurança, onde os compradores de soja são notificados para que os produtores associados e contemplados com tal decisão, depositem na Justiça, em nome do produtor o valor do Funrural (2.1%) atualmente descontado em cada operação de comercialização de soja, que o produtor o faz.

De acordo com o presidente da entidade, Almir Dalpasquale, a iniciativa surgiu para garantir aos produtores de soja do Estado o ônus perante seus investimentos em casa safra, estes considerados altos. "Nossos produtores podem ter a segurança de um ganho maior, tenho em vista os altos investimentos que fazemos e ás vezes nem sempre obtendo lucros desejáveis", destaca. Cerca de 300 associados podem ser beneficiados com a ação, estes atuam em área de 150 mil hectares de plantação de soja no Estado. Dalpasquale ainda frisa que qualquer produtor pode se associar à entidade, e que somente filiados podem entrar na ação.

 

Mecanismo

No início de fevereiro o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou o caso concreto do Frigorífico Mataboi. A declaração de inconstitucionalidade aplica-se apenas a essa empresa, não se estendendo aos demais produtores. Atualmente outros produtores se acercam das mesmas medidas, a fim de obter resultados positivos perante a inconstitucionalidade da cobrança.

O Funrural é uma contribuição substitutiva da cota patronal do encargo previdenciário (20%) mais o percentual do RAT – Riscos Ambientais do Trabalho (3%) dos produtores rurais pessoas físicas e jurídicas e também das empresas agroindustriais. Para o segurado especial o Funrural é o custeio de sua previdência, servindo para aposentadoria e outros benefícios junto ao INSS.

A alíquota do Funrural é de 2,1%, sendo 2,0% para o INSS e 0,1% para o RAT. A contribuição ao Snar, de 0,2%, não faz parte do Funrural, ainda que seja sobre o valor da comercialização da produção e recolhida na mesma GPS – Guia da Previdência Social, pois tem natureza jurídica diferente do Funrural.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Justiça dá 30 dias para que farmácias do HR sejam abastecidas
SOB PENA DE MULTA

Justiça dá 30 dias para que farmácias do HR sejam abastecidas

Deputados de MS convocam Aneel para explicar aumento na luz
CONSUMO

Deputados convocam Aneel para explicar aumento na luz

Prefeito fiscaliza atendimento nos postos de saúde da Capital
UPA LEBLON

Prefeito fiscaliza atendimento nos postos de saúde da Capital

Chuva transforma rua em rio  de lama no Jardim Monte Alegre
NA LAMA

Chuva transforma rua em rio de lama no Monte Alegre

Mais Lidas