CARNAVAL 2014

Liga decide que todas as escolas de samba são campeãs

Liga decide que todas as escolas de samba são campeãs
11/03/2014 09:00 - TARYNE ZOTTINO


Depois da Igrejinha ter entrado com recurso administrativo sobre o resultado do desfile do Grupo Especial, a Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande (Lienca) decidiu que todas as escolas de samba são campeãs do Carnaval 2014 e nenhuma está rebaixada. Além disso, as verbas para o ano de 2015 serão rateadas em partes iguais para todas as agremiações do Grupo Especial.

A Comissão da Liga se reuniu ontem (10), às 19h30min, na Escola Cidadã, para leitura e análise dos motivos descritos no recurso. Os representantes da Vila Carvalho (sagrada campeã do Carnaval) e da Igrejinha foram ouvidos. Ambos falaram sobre os investimentos de todas as escolas para realizarem uma grande festa, mesmo com os problemas de som da avenida e do carro que acompanhava os instrumentistas, intérpretes e a bateria, sendo que Igrejinha e Unidos do Aero Rancho foram os mais prejudicados pela falha, assim como a Deixa Falar, em menor proporção.

O presidente da Lienca, Eduardo de Souza Neto, pediu que os dois se retirassem e o resto da comissão concluiu que os argumentos da Igrejinha são pertinentes, no que se refere aos critérios de avaliação para julgar os quesitos Comissão de Frente e Mestre-Sala e Porta-Bandeira. Ao saber da decisão, os representantes não se manifestaram negativamente nem apresentaram ressalvas.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".