Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Licença maternidade para servidora municipal será de seis meses

22 JAN 10 - 07h:50BRUNO GRUBERTT
A partir de agora, a licença maternidade para as servidoras públicas municipais de Campo Grande, que antes era de 120 dias, passa a ter seis meses, de acordo com decreto publicado ontem pela Prefeitura de Campo Grande. Para as mulheres que adotarem crianças, a licença também será estendida, obedecendo a prazos estabelecidos, de acordo com a idade da criança. O direito de licença maternidade de 180 dias é garantido por lei, que foi sancionada em 2008 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e estabelece que os dois últimos meses de dispensa são opcionais e que cada administração precisa regulamentar a prorrogação, através de leis complementares e decretos. Os municípios que ainda não implantaram a nova licença têm todo o ano de 2010 para fazê-lo. Nas empresas privadas, os dois últimos meses também são opcionais, e devem ser negociados entre empregado e empregador. Além de Campo Grande, A nauri lândia, Batayporã, Dois Irmãos do Buriti, Fátima do Sul, Jardim, Naviraí, Porto Murtinho, Três Lagoas, São Gabriel do Oeste, Ribas do Rio Pardo e Jateí já têm o benefício estendido. Durante o período de licença, a mulher não pode exercer qualquer atividade remunerada ou manter a criança em creches, sob a pena de perder o direito à prorrogação.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ESCLARECIMENTOS

Bolsonaro justifica ao STF falas sobre Dilma e Santa Cruz

Fala sobre Dilma foi genérica, segundo o presidente
BASQUETE

Brasil volta a vencer a China em amistoso antes do Mundial

Estreia na Copa do Mundo está marcada para 1º de setembro
NO TWITTER

Ministro critica Macron: 'calhorda' oportunista buscando apoio do lobby agrícola

Weintraub disse que os franceses estão enfrentando mesmas ameaças que brasileiros
SEM REPRESENTANTES

Brasileiros perdem e ficam fora das primeiras finais no Mundial de Judô

País ainda terá mais 16 atletas na competição em Tóquio

Mais Lidas