Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 17 de dezembro de 2018

desenvolvimento

Liberação de FCO no Estado deve atingir meio bilhão

22 MAI 2011Por ROSANA SIQUEIRA09h:23

A liberação de recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste deve atingir R$ 500 milhões em junho, metade do valor programado para o Mato Grosso do Sul neste ano. O aumento na procura vem sendo detectada todo mês, segundo o secretário executivo do Conselho estadual do CEIF/FCO Jerônimo Chaves que frisa que em abril foram financiados R$ 265 milhões. Para 2011, os recursos alocados para o Estado devem alcançar R$ 1,2 bilhão.


Segundo ele os setores de cana e florestas são os responsáveis pela maior demanda de recursos, mas o mais importante é que praticamente todos os segmentos da agropecuária, de pequenos a grandes projetos estão buscando dinheiro.


“Temos desde reforma de pastagens, ampliação de rede de energia nas indústrias até recursos para clínicas médicas. Ou seja um extenso leque de empresas fazendo projetos em vários municípios de MS”, enfatizou o superintendente.


Na próxima semana, por exemplo, quando acontece mais uma reunião do Condel/FCO inúmeros projetos devem ser analisados e aprovados. 'Detectamos um crescimento na busca pelos recursos e isso mostra que o Estado está crescendo. Não nos patamares nacionais, mas com índices bastante satisfatórios”, acrescenta Chaves.

Entre os destaques estão ampliação de projetos de reflorestamento de usinas sucroalcooleiras, siderúrgicas e empresas no setor de papel e moveleiro.

FCO Itinerante

Uma das metas do Conselho do FCO, segundo Jerônimo é ampliar a destinação de recursos nos demais municípios de MS. Por isso na próxima semana acontece mais um FCO Itinerante. Serão realizadas reuniões dia 25 em Rio Verde e dia 26 em Rio Negro. O evento é uma ação contínua que acontece há mais três anos e mobiliza parceiros com o intuito de divulgar e orientar potenciais investidores para captação de recursos do FCO no Estado. As reuniões acontecem a partir das 19 horas, sendo em Rio Verde na Câmara Municipal e em Rio Negro no Sindicato Rural.

A programação prevê palestras esclarecedoras com representantes do Ministério da Integração Nacional (MIN), da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur), e do Banco do Brasil. Ao final as instituições parceiras estarão prestando atendimento e tirando possíveis dúvidas dos participantes. A reunião é aberta a empreendedores urbanos e rurais, micro e pequenas empresas e pequenos produtores rurais.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também