Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

junta comercial

Levantamento mostra que 600 novas empresas foram abertas em janeiro

2 MAR 11 - 14h:36notícias ms

Mato Grosso do Sul registrou um número expressivo de abertura de empresas durante o mês de janeiro, conforme aponta um balanço da Junta Comercial do Estado (Jucems). De acordo com dados da entidade, foram oficializadas 598 novas firmas. Em janeiro do ano passado esse número foi de 507 novas empresas e no mês anterior (dezembro de 2010), foram 561.

Também foram registradas pela Jucems, 1.018 alterações contratuais de empresas, quase 300 a mais do que no mesmo período de 2010. De acordo com o presidente da Junta Comercial, Vagner Bertolli, “isso é resultado da política de desenvolvimento do Estado. Essas aberturas vêm suprir uma demanda da própria sociedade”.

O número de filiais constituídas de empresas no mês de janeiro também merece destaque: conforme levantamento do último mês, divulgado pela Jucems, foram 99 novas filiais constituídas. Para o presidente, Vagner Bertolli, o número provoca um reflexo direto na geração de empregos em Mato Grosso do Sul.

Reunião de vogais

O resultado do crescimento empresarial no Estado foi apresentado na última segunda-feira (28) durante a primeira reunião dos vogais de 2011, e também a primeira fora do prédio da Jucems.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vagner Mancini é o novo técnico do Atlético-MG
FUTEBOL 2019

Vagner Mancini é o novo técnico do Atlético-MG

Oferta de vagas no comércio para o Natal será a maior em seis anos
ECONOMIA

Oferta de vagas no comércio para o Natal será a maior em seis anos

Roberta D'Albuquerque: Intolerante
COMPORTAMENTO

Roberta D'Albuquerque: Intolerante

Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil
ECONOMIA

Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião