Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RECUPERAÇÃO

Léo Moura faz fisioterapia para voltar a jogar

Léo Moura faz fisioterapia para voltar a jogar
25/04/2011 10:17 - G1


O Flamengo quer recuperar Léo Moura o mais rápido possível. Na manhã desta segunda-feira, o lateral iniciou o tratamento para se livrar das dores na parte interna do joelho direito. Aos sete minutos do Fla-Flu deste domingo, o camisa 2 sofreu uma pancada em dividida com Darío Conca, tentou voltar, mas não suportou o incômodo e foi substituído (assista ao vídeo ao lado). Ele vai fazer fisioterapia em dois períodos, no Ninho do Urubu. A intenção do departamento médico é colocá-lo em condições de enfrentar o Vasco na decisão da Taça Rio, domingo que vem.

Léo iniciou o tratamento com gelo ainda no gramado, mas está vetado para a partida de volta contra o Horizonte-CE, nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Segundo o médico José Luiz Runco, o problema não é grave, mas a dor é “chata”. Quando chuta com a parte interna do pé, por exemplo, o jogador sente dores no joelho.

- Triste pela dor no joelho que incomoda, mas feliz demais por mais uma final! Indo para a fisio – escreveu Léo no Twitter.

Outro que está machucado é Ronaldinho Gaúcho, que desfalcou o time na semifinal contra o Fluminense. O camisa 10 torceu o joelho esquerdo no jogo de ida contra o Horizonte e vai ser submetido a um exame de ressonância magnética para saber a gravidade do problema. Assim como Léo Moura, o craque não viaja para o Ceará.

O grupo rubro-negro se reapresenta na concentração, na Barra da Tijuca, às 14h45m. A delegação embarca para Fortaleza no fim da tarde. A partida entre Horizonte e Flamengo será às 21h50m (de Brasília), no estádio Domingão, em Horizonte, distante cerca de 40 quilômetros da capital. No primeiro jogo, empate por 1 a 1. O Fla precisa vencer ou empatar a partir do placar de 2 a 2 para ir às quartas.

Felpuda


Outrora afinadíssimo com o presidente Jair Bolsonaro, parlamentar sul-mato-grossense começou a ser escanteado em consequência de uma das crises políticas de grande repercussão. A figura entrou em campo e botou falação sobre o que estava ocorrendo, e isso soou que só como crítica pesada ao governo, que, como não poderia deixar de ser, não gostou nadica de nada. Há quem diga que o dito-cujo é muito levado “pelo sangue”. Então, tá!...