Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SAÚDE

Lente de contato agora precisa de recomendação médica

15 MAR 11 - 04h:00R7

A compra de lentes de contato tem de ser feita agora somente com recomendação médica específica. Resolução do CFM (Conselho Federal de Medicina) publicada semana passada determina que a indicação, a adaptação, exames complementares e o controle das lentes são atividades exclusivas da categoria.

A resolução foi feita depois de o conselho receber o relato do aumento de acidentes relacionados ao uso incorreto do produto, vendido em óticas muitas vezes sem nenhuma recomendação do oftalmologista, assegura Desiré Callegari, secretário do CFM.

Não basta a indicação do grau. É preciso que exames sejam realizados para verificar se não há nenhum impedimento para o uso do produto.

Integrante do Departamento de Oftalmologia da Associação Médica Brasileira, Noé Luiz Demarchi afirma que o uso de lentes de contato nos últimos anos se vulgarizou.

A lente é extremamente útil. Mas tem de ser cercada de uma série de cuidados. Em muitos locais, bastava que o paciente fornecesse o grau e modelo da lente para que o produto fosse confeccionado.

Callegari afirma que o uso incorreto da lente pode provocar irritações, inflamações e até mesmo danos irreversíveis à córnea. Ele reconhece que a nova determinação do CFM pode ser considerada por alguns como corporativismo, "mas essa é uma questão séria de saúde".

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

INDEFINIÇÃO

STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita com MP

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa de Temer
EX-PRESIDENTE

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa

NO TWITTER

Lava Jato não precisa de pirotecnia para sobreviver, diz Lula sobre prisão de Temer

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2
LAVA JATO

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2

Mais Lidas