Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

Corumbá

Leis de trânsito ignoradas e sinalização falha

28 JUL 2012Por Silvio Andrade, de Corumbá00h:00

Motoristas e motociclistas sem pressa, dirigindo no meio da pista, ultrapassando semáforo fechado, não respeitando a preferencial nas rotatórias, parando em fila dupla para conversar e, muitas vezes, alcoolizados ao volante. O trânsito de Corumbá, municipalizado, tem todas as irregularidades possíveis, além de mal sinalizado e sem ordenamento, para ser um dos mais violentos do Estado.

A lentidão do trânsito em suas ruas largas, de pouca fluidez, e a inexistência de vias expressas, felizmente, sobrepõe à imprudência e à desatenção ao não olhar em volta, de não usar a seta ou o ato impensado de impedir a ultrapassagem. O número de acidentes e de vítimas fatais não corresponde à incidência de infrações que ocorrem no dia-a-dia, as quais poderiam tornar a cidade campeã em multas.

“Há uma total ignorância ou má vontade em respeitar as regras do trânsito”, afirma o presidente da Agetrat (Agência Municipal de Trânsito e Transporte), engenheiro Sicard Maciel de Barros. Segundo levantamentos do órgão, as infrações mais comuns são o não uso do cinto se segurança, desrespeito à parada obrigatória e alto índice de condutores sem habilitação, a maioria menor de idade.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também