Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Leilão vende 80 mil toneladas de milho

16 JUL 2010Por 08h:40
Brasília

Mato Grosso do Sul vendeu as 80 mil toneladas de milho ofertadas ontem no leilão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Foi o sexto pregão eletrônico via Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), realizado com o objetivo de liberar os armazéns para a estocagem do milho safrinha. No pregão de hoje a Conab retomou a quantidade ofertada nos três primeiros leilões, depois de ter reduzido para 50 mil toneladas nos dois últimos certames.
Conforme o coordenador da Comissão Técnica da Agricultura da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Almir Dalpasquale, o leilão foi positivo, pois escoou todo o milho do Estado, e a tendência é que a situações melhore no futuro. “Há perspectiva de que haja mais compradores nos próximos leilões, o que deverá tornar o leilão ainda mais competitivo”, salienta Dalpasquale sobre os seis pregões que ainda serão realizados.
Um total de 306,4 mil toneladas já foram arrematadas nos seis primeiros leilões, sendo que a previsão é de que um milhão de toneladas sejam leiloadas até o final de 2010. Em âmbito nacional, 84% da meta de escoamento foi atingida nos cinco leilões passados. o Estado teve um fraco desempenho nos primeiros leilões da Conab, quando conseguiu vender menos de 70% do milho ofertado.

Leia Também