Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Lei estipula prazos para liberação

23 MAR 10 - 08h:30
O Instituto de Preservação e Controle Ambiental (Inamb), embrião do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), foi criado em 1980 para coibir a matança de jacarés e a pesca ilegal no Estado. Atualmente, o Imasul emite quatro tipos de licença: Prévia, de Instalação, de Operação, e Autorização Ambiental. A Lei 2.257, de 9 de julho de 2001, determina prazos para as autorizações. A Licença de Operação, que o Latsul solicitou, por exemplo, deveria sair em 45 dias, no máximo. Seu prazo de validade varia entre 4 e 10 anos, e os custos mudam de acordo com o tipo de licença. Segundo Gilson Rodrigues, o valor pago ao Imasul foi de R$ 2.680, à vista. Desde a criação do Inamb, nos anos 80, as exigências ambientais mais rígidas foram responsáveis por constantes mudanças na legislação e na gestão do governo. Em 1981, surgiu a Secretaria de Meio Ambiente (Sema). Anos depois, em 1993, MS ganhou duas fundações, a Terceiro Milênio-Pantanal e a Terceiro Milênio-Natureza Viva, unificadas cinco anos depois. Mais tarde elas deram origem ao Imasul, conforme Lei 2.268/01. No final de 2006, o cenário muda de novo, e se mantém até hoje. A Secretaria de Meio Ambiente, Cidades, Planejamento, Ciência e Tecnologia (Semac) responde pela gestão ambiental, enquanto o Imasul, pela execução das políticas de meio ambiente. (CHB)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia investiga denúncia de criança estuprada por adolescente em associação de câncer infantil
CAMPO GRANDE

Mãe denuncia que filho foi estuprado por adolescente em instituição contra o câncer

Requalificação da 14 de Julho<br> já tem 85% das obras concluídas
REVIVA CAMPO GRANDE

Requalificação da 14 já tem 85% das obras concluídas

Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir voz de Deus"
PRESO EM CAMPO GRANDE

Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir Deus"

O primeiro robô brasileiro <br>com Inteligência Artificial, o Tinbot,<br> vêm à Campo Grande
TECNOLOGIA

O primeiro robô brasileiro com Inteligência Artificial, o Tinbot, vêm à Campo Grande

Mais Lidas