sábado, 21 de julho de 2018

MÁQUINAS NAS ESCOLAS

Lei da Camisinha é suspensa por 15 dias em Campo Grande

23 NOV 2010Por DA REDAÇÃO13h:27

O vereador Loester Nunes (PDT), vice-presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, emitiu, hoje, pedido de vistas do Projeto de Lei Complementar nº 276/10, que veda a instalação de máquinas dispensadoras de preservativos, em órgãos municipais, bem como, na Rede Pública e particular de ensino do município de Campo Grande.

O pedido foi aceito pelos parlamentares da Casa para que a proposta seja debatida em reunião pública, com demais segmentos da sociedade campo-grandense.

A proposta foi aprovada, em turno único de discussão, durante a sessão ordinária desta terça-feira (23), por unanimidade de votos. Agora, o texto ficará suspenso por um período de 15 dias, para que os vereadores possam realizar uma audiência pública para debater o conteúdo da proposta.

A reunião pública está prevista para o dia 1º de dezembro (quarta-feira), a partir das 09 horas, no plenário Oliva Enciso, da Câmara Municipal. De acordo com o presidente da Casa, vereador Paulo Siufi (PMDB), a sessão ordinária desta data não será realizada, em função da audiência.

Leia Também