Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Leandro Damião pode custar R$ 62 milhões aos cofres santistas

9 JAN 14 - 11h:30diariodolitoral

Leandro Damião chegou para ser o artilheiro do Santos e trazer muita alegria para a torcida. No entanto, o custo para contar com o camisa 9 preocupa e confunde.

Sem dinheiro em caixa para uma aquisição tão alta, o Santos fez uma parceria com o fundo de investimento maltês Doyen Sports para ter o jogador. Damião, então, foi comprado junto ao Internacional por R$ 42 milhões e repassado ao Santos. E, segundo o presidente Odílio Rodrigues, o clube terá cinco anos, correspondente ao tempo de contrato do centroavante com o Peixe, para devolver este valor corrigido ao grupo de investimento.

"Os direitos federativos são do Santos. O Doyen não tem participação e temos que um dia devolver esse dinheiro. O contrato é de cinco anos. Se vendermos o jogador ou se quisermos permanecer com ele no final, pagamos integralmente e com o valor corrigido. Se vendermos por um valor superior dentro do período, o Santos tem a participação na mais-valia", afirmou Odílio Rodrigues.

Para obter lucro mínimo, então, o Santos terá que conseguir vender Damião por mais de R$ 42 milhões, o que é considerado pouco provável. E o mais preocupante é que este valor corrigido deve chegar, no mínimo, a aproximadamente R$ 62 milhões em cinco anos.

"Na Europa esse fundo é importante na transação dos jogadores por conta do Fair Play financeiro, que chegará ao Brasil. Querem que os clubes comprem entre clubes e que os atletas não pertençam a terceiros. O Doyen não pode comprar e ter participação de jogador. Definimos quem queremos, o Santos negocia com o clube o valor do jogador, faz o contrato com a Doyen, que dá esse dinheiro ao Santos", completou o presidente alvinegro.

O fundo de investimento também se manifestou nesta quarta-feira (8) através de uma nota oficial e confirmou que terá o dinheiro devolvido com correção, mas que todos os direitos federativos do jogador pertencem ao Santos.

"Agora que o processo está concluído entre a Doyen e o Santos, a Doyen Sports pode confirmar o seu envolvimento na maior transferência, até esta data, entre clubes brasileiros. Ao contrário de alguns relatos, a Doyen não tem especificamente nenhuma porcentagem (third party ownership) de Leandro Damião ou de qualquer outro jogador de futebol. Acordo sim uma fonte transparente de financiamento para o Santos poder suportar o valor da transferência, estando acordado os termos para a devolução ao longo de um determinado período", diz trecho da nota.

Vale lembrar que a eleição presidencial santista está prevista para acontecer em dezembro deste ano, quando termina o mandato de Odílio Rodrigues, que assumiu o cargo após o afastamento de Luis Álvaro. Ou seja, em caso de troca na administração, o futuro presidente assume a dívida. 

Rivais

O presidente são-paulino Juvenal Juvêncio disse ter certeza que o Santos terá problemas futuramente por conta desta parceria, em declaração à imprensa. Além disso, é sabido que o Corinthians recusou a parceria com a Doyen recentemente.

Ao ser questionado sobre o assunto, Odílio foi incisivo.

"Eu jamais daria palpite na forma de atuação do São Paulo ou do Corinthians. Espero que o presidente já tenha bastante preocupação com o São Paulo. Quero ser ético. Temos um contrato com o Doyen e achamos que ele atende as nossas expectativas. O departamento jurídico aprovou e o Comitê Gestor também. Não temos preocupações", disse o dirigente santista.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Everton lamenta derrota para Fortaleza, mas pede foco para decisão contra o Flamengo
FUTEBOL

Everton lamenta derrota para Fortaleza, mas pede foco para decisão contra o Flamengo

No Japão, Bolsonaro terá encontro bilateral com presidente da Ucrânia
VIAGEM

No Japão, Bolsonaro terá encontro bilateral com presidente da Ucrânia

Número de mortos em desabamento de prédio em Fortaleza sobe para 9
TRAGÉDIA

Número de mortos em desabamento de prédio em Fortaleza sobe para 9

Na primavera índice de temporais e raios são maiores; saiba como se proteger
ESTAÇÃO DO ANO

Na primavera índice de temporais e raios são maiores; saiba como se proteger

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião