Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Papa

Lápide do túmulo de João Paulo 2º no Vaticano é transferida à Polônia

4 MAI 2011Por EFE e agências19h:00

A lápide original que cobria o túmulo do papa João Paulo 2º no Vaticano foi transferida à Cracóvia (Polônia) e será colocado na capela do Centro João Paulo 2º, confirmou nesta quarta-feira seu porta-voz, Piotr Sionko.

A mudança ocorreu após a beatificação do pontífice, quando o túmulo do papa foi recolocado na nave direita da Basílica de São Pedro do Vaticano, já sob o epitáfio "santo".

Em declarações à rede TVN24, Sionko explicou que, a partir da próxima sexta-feira (6), a lápide será colocada na capela do centro, onde no futuro todos os fiéis poderão visitá-la.

Karol Wojtyla (Wadowice, 1920 - Cidade do Vaticano, 2005), foi para Cracóvia aos 18 anos, onde foi à universidade e depois seguiu para o seminário na clandestinidade.

O papa polonês chegaria a ser bispo desta cidade em 1958, a partir da qual empreendeu em 1978 seu caminho a Roma até ser eleito papa.

Beatificação

João Paulo 2º foi proclamado beato no domingo (1º) pelo seu sucessor, em uma cerimônia assistida por mais de 1 milhão de pessoas na praça de São Pedro.

Há cerca de mil anos um papa não beatificava seu antecessor, segundo o Vaticano. Bento 16 afirmou que ele "tinha a força de um gigante" e enfrentou "sistemas políticos e econômicos", como o marxismo e a ideologia do progresso, para cumprir o desafio de viver a fé sem medo.

"Sua mensagem foi esta: o homem é o caminho da Igreja, e Cristo é o caminho do homem. Com essa mensagem, que é a grande herança do Concílio Vaticano 2º e de seu timoneiro, Paulo 6º, João Paulo 2º conduziu o povo de Deus ao Terceiro Milênio", afirmou o papa Ratzinger.

O pontífice acrescentou que "aquela carga de esperança que fora cedida ao marxismo e à ideologia do progresso, João Paulo 2º legitimamente reivindicou-a para o cristianismo, restituindo-lhe a fisionomia autêntica da esperança, de viver na história com um espírito de advento, com uma existência pessoal e comunitária orientada a Cristo, plenitude do homem".

Canonização

Em uma entrevista concedida à TV italiana, o número 2 do Vaticano, cardeal Tarciso Bertone, disse que João Paulo 2º poderá ser canonizado "dentro de alguns anos".

Perguntado pela rede Rai Uno sobre uma eventual canonização do papa polonês, o cardeal Bertone respondeu: "Basta um milagre cientificamente provado e considerado como tal, (uma cura) vista como inexplicável do ponto de vista científico pela comissão médica, pela comissão teológica, assim como pelos cardeais e bispos membros da Congregação para a Causa dos Santos".

Com isso, "diria, certamente, dentro de alguns anos", acrescentou o Secretário de Estado do Vaticano entrevistado durante o programa Porta a Porta.

Durante a manhã de domingo, depois da declaração de beatificação pronunciada em polonês por Bento 16, muitas pessoas presentes na praça São Pedro clamaram "Santo Subito" (Santo Já).

O processo de beatificação de João Paulo 2º foi realizado em tempo recorde, apenas seis anos após a sua morte.

Leia Também