Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Ladrões de moto atacam no centro

Ladrões de moto atacam no centro
09/02/2010 08:38 -


Entre as 6h e 7h de ontem, bandidos em motocicletas fizeram pelo menos dois assaltos em Campo Grande, roubando cerca de R$ 4,6 mil. Nenhum suspeito foi preso até agora. De acordo com o boletim de ocorrência policial, o primeiro roubo aconteceu na Vila Carvalho, bairro que fica a apenas algumas quadras do centro da cidade. A vítima, de 31 anos, conta que chegava em casa, em seu veículo, quando foi abordado por três assaltantes, dois deles com armas de fogo, que ocupavam duas motocicletas. Um dos marginais entrou no veículo da vítima e roubou R$ 2.118. Após o crime, o homem saiu do local e na Avenida Fernando Corrêa da Costa, encontrou uma pessoa falando ao celular, com a moto caída no chão. Este informou à vítima que bandidos tentaram levar a moto dele. Pelas características, os assaltantes podem ser os mesmos. Comércio Por volta das 7h, dois bandidos com armas de fogo renderam um comerciante e dois funcionários dele, quando chegavam ao local de trabalho. Os assaltantes entraram na lanchonete, localizada na Rua 7 de Setembro, amarraram as vítimas e roubaram uma pasta com R$ 2,5 mil. Após o roubo, fugiram em uma motocicleta. A polícia ainda não tem pistas. Números De acordo com a última estatística do ano passado divulgada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), de 1º de julho a 30 de setembro, foram registrados 1.009 roubos na Capital. Oitenta e oito pessoas foram presas pelo crime.

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!