CIDADES

Ladrões atacam distribuidora de alimentos na Rua Brilhante

Ladrões atacam distribuidora de alimentos na Rua Brilhante
16/03/2010 08:07 -


Distribuidora de alimentos, na Rua Brilhante, foi assaltada ontem, à tarde, por dois ladrões que levaram R$ 10 mil em dinheiro e R$ 200 mil em cheques. Os marginais renderam o dono e dois funcionários. Como no local não há letreiro nem publicidade que indique o funcionamento de uma distribuidora, a Polícia acredita que o assalto vinha sendo planejado há vários dias. “Eles sabiam onde iam e o que queriam”, explica o delegado Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, da (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), que esteve no local. Em outra ação, às 15h50min, suposta tentativa de assalto movimentou o centro da Capital. Dois homens encapuzados dispararam contra motorista de caminhonete quando ele saia, em companhia da mulher e dos filhos, de uma agência bancária na Rua Cândido Mariano, proximidades do Pátio Central. Os disparos – de calibre 9 milímetros – atingiram o vidro traseiro do veículo. Os marginais chegaram numa motocicleta e fugiram logo depois dos disparos. Ontem, até as 17 horas, o motorista não tinha prestado depoimento.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".