Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Ladrão invade loja no Monte Líbano e leva cinco sacolas com roupas

Ladrão invade loja no Monte Líbano e leva cinco sacolas com roupas
27/03/2010 04:42 -


Uma loja de roupas localizada no Bairro Monte Líbano foi assaltada ontem por volta das 8h30min. O assaltante rendeu a vendedora e a obrigou a se despir. Depois de 20 minutos escolhendo modelos, levou cinco sacolas com várias peças, além do celular da balconista. Segundo a funcionária, o assaltante esteve no local no início da tarde de quinta-feira, pedindo informações sobre alguns modelos e a forma de pagamento. Sempre ao celular, supostamente, consultava a esposa ou namorada sobre cores, tipos de tecidos e bijuterias que seriam do seu agrado. Saiu sem levar nada, com pretexto que voltaria acompanhado da mulher. Ontem, o marginal voltou à loja. Desta vez estava armado e exigindo o dinheiro que estivesse no caixa. Diante do argumento da vendedora de que, como a loja tinha aberto a menos de 30 minutos o caixa estava zerado, ele a obrigou a se trancar no provador, exigindo que ficasse nua. Enquanto ele escolhia peças, chegou a funcionária de uma cliente que viera pegar uma blusa reservada pela patroa, que ficou aguardando no carro em frente da loja. A empregada também foi rendida e obrigada a ficar trancada nos fundos da loja. Minutos depois o assaltante fugiu. Segu ndo a vendedora, que passou por momentos de constrangimento e medo, o rapaz estava de boné, vestia uma camisa polo verde e calça jeans. Ele portava um revólver, provavelmente calibre 22 e ameaçou atirar, caso chegasse mais alguém. A loja assaltada ontem não tem sistema de segurança. Em dois anos de funcionamento, ainda não tinha sido alvo dos marginais. De acordo com a proprietária, a instalação de câmeras e alarmes está sendo providenciada, só depende do levantamento do orçamento.

Felpuda


Espalhar notícias ruins tornou-se muito mais rápido com o uso da tecnologia, e, além disso, não se trata mais de ações dos adversários. Isso é o que pôde ser visto ultimamente, quando a tchurminha do “aliado” tratou de deixar muita gente informada sobre o que a chamada "grande imprensa” tinha publicado, enviando notícias pelo WhatsApp e postando nas mídias sociais. E assim caminha a humanidade...