Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DOURADOS

Laboratório da Iagro tem serviços aprovados pela Embrapa

Laboratório da Iagro tem serviços aprovados pela Embrapa
28/03/2011 15:09 - da redação


A engenheira agrônoma Maria Izabel Krüger Giurizatto, responsável técnica do Laboratório de Análise de Sementes Oficial (Laso), da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) de Dourados-MS, realizou pesquisa de satisfação junto à Embrapa/CPAO de Dourados, com relação aos serviços prestados de análises de sementes pelo Laso relativos ao ano de 2010. Segundo ela, a pesquisa indicou grau pleno de satisfação pelo atendimento recebido. “Este parâmetro faz parte do nosso sistema de gestão de qualidade com base na ISO 17025, com o intuito de melhoria contínua”, informou a engenheira da Iagro.

De acordo com as informações da Iagro, a norma ISO 17025 estabelece requisitos gerenciais e técnicos para a implementação e demonstração da competência do sistema de gestão de laboratórios de ensaio e análise de sementes, dentre outros, para fornecer resultados tecnicamente válidos por meio de atividades de controle da qualidade: atendimento pessoal, prazo de entrega de resultados das análises, informações e apoio técnico, formas de apresentação dos resultados etc., sem cobrir requisitos de segurança e regulamentos sobre a operação de laboratórios.

Segundo a Iagro, clientes de laboratórios, autoridades regulamentadoras e organismos de acreditação podem usar a norma para confirmar ou reconhecer essa competência. O atendimento dessa norma significa que o laboratório opera um sistema de gestão da qualidade segundo os princípios da ISO 9001, no entanto a ISO/IEC 17025 cobre a competência técnica não coberta pela ISO 9001.

Assim como outras importantes normas, a ISO 17025 é usada pelo Laboratório de Análise de Sementes oficial da Iagro de Dourados no desenvolvimento do seu Sistema de Gestão da Qualidade.
 

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...