Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Kaká completa 28 anos e pode voltar a jogar pelo Real

23 ABR 10 - 07h:30
Madri, Espanha

Boa notícia para a torcida brasileira. Depois de passar 43 dias no “estaleiro” (a última vez que entrou em campo foi no dia 10 de março, na derrota frente ao Lyon) e 24 horas após enfrentar críticas da torcida por meio de fóruns na internet, o meio-campista Kaká finalmente voltou a trabalhar normalmente no Real Madrid. E em uma data especial.

No dia em que completou seu 28º aniversário, o camisa 8 merengue foi liberado pelo departamento médico para correr no gramado com o restante do grupo e também para participar das atividades com bola.

Aplaudido pelos companheiros, não apenas pelo retorno, mas também por celebrar mais um ano de vida, Kaká mostrou estar recuperado das dores no púbis e na coxa e pode até ser a grande surpresa do técnico Manuel Pellegrini para a partida do final de semana no Campeonato Espanhol, diante do Zaragoza.

Além de Kaká, outros “pacientes” do departamento médico blanco também voltaram às atividades: os zagueiros Albiol e Metzelder e o atacante Raul, que não treinava desde 12 de abril. O único que permaneceu em tratamento foi o lateral holandês Drenthe.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação
FELIZ ANIVERSÁRIO

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação

Diretor de presídio federal diz que Name não precisa de ajuda
CRIME ORGANIZADO

Diretor de presídio diz que Name não precisa de ajuda

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância
BRASÍLIA

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância

Deputados cobram vistoria <br>contra incêndio em hospitais
RISCOS

Deputados cobram vistoria contra incêndio em hospitais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião