Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

AÇÃO

Justiça Restaurativa leva a conciliação para as escolas

15 AGO 2012Por DANIELLA ARRUDA00h:00

Ajudar na solução de conflitos dentro das escolas, contribuindo para pacificar as relações entre as partes envolvidas (colegas de classe, alunos e professores) e principalmente evitar que situações como brigas e ofensas e outras situações se agravem, transformando-se em processos judiciais. Esses são os principais objetivos do Projeto “Justiça Restaurativa nas Escolas”, que começa a ser desenvolvido na rede estadual de ensino de Mato Grosso do Sul a partir do próximo mês, atendendo, inicialmente, três escolas de Campo Grande.

Fruto de parceria entre o Tribunal de Justiça de MS e a Secretaria de Estado de Educação, o projeto tem como diferencial a resolução de conflitos de forma extrajudicial, com a participação efetiva dos envolvidos no problema e de outros membros da comunidade. Uma das premissas da Justiça Restaurativa, que teve origem na Austrália e hoje é adotada por pelo menos quatro estados brasileiros, entre eles Mato Grosso do Sul, é justamente substituir a punição do infrator pela restauração da relação entre as partes.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também