Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ELEIÇÕES

Justiça: Lindbergh é denunciado pela 7ª vez por propaganda antecipada

16 JAN 14 - 20h:00FOLHA PRESS

O senador Lindbergh Farias (PT) foi alvo, pela sétima vez, de ação da Procuradoria Regional Eleitoral por suposta propaganda antecipada. O procurador Maurício da Rocha Ribeiro considerou "exaltação ao senador" uma entrevista publicada na capa da revista "Entre Lagos".

O senador é a capa da edição de novembro da revista. A reportagem tem como título "A nova cara do PT: Lindbergh Farias: faremos pelo Rio o que Lula fez pelo Brasil". O petista é descrito como "jovem, moderno, dinâmico e esbanjando energia política".

Na ação, o procurador pede a retirada imediata da circulação da publicação e do link no site da revista. A procuradoria pede ainda a aplicação de multa de R$ 25 mil ao pré-candidato.

"Mais uma vez, um pré-candidato faz ostensiva divulgação fora de época de promessas eleitorais. Nesse caso, a infração foi praticada através de veículo de circulação livre", disse o procurador, em nota.

O senador afirmou, por sua assessoria, que não pode ser alvo de ação por conceder uma entrevista. O diretor da publicação, José Natal, afirmou que a circulação é restrita a Brasília e que apenas fez "uma entrevista e o senador respondeu as perguntas".
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com temperaturas perto de 40ºC, umidade do ar despenca em MS
ALTAS TEMPERATURAS

Marcando quase 40ºC, umidade despenca em MS

'Avenida Brasil' será reprisada no 'Vale a Pena Ver de Novo'
NOVELA

'Avenida Brasil' será reprisada no 'Vale a Pena Ver de Novo'

Desaparecido desde sexta, homem é encontrado morto em rio
PONTA PORÃ

Desaparecido desde sexta, homem é encontrado morto em rio

Preço da gasolina volta a subir <br>após duas semanas em queda
APONTA ANP

Preço da gasolina volta a subir
após duas semanas em queda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião