Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES

Justiça: Lindbergh é denunciado pela 7ª vez por propaganda antecipada

Justiça: Lindbergh é denunciado pela 7ª vez por propaganda antecipada
16/01/2014 20:00 - FOLHA PRESS


O senador Lindbergh Farias (PT) foi alvo, pela sétima vez, de ação da Procuradoria Regional Eleitoral por suposta propaganda antecipada. O procurador Maurício da Rocha Ribeiro considerou "exaltação ao senador" uma entrevista publicada na capa da revista "Entre Lagos".

O senador é a capa da edição de novembro da revista. A reportagem tem como título "A nova cara do PT: Lindbergh Farias: faremos pelo Rio o que Lula fez pelo Brasil". O petista é descrito como "jovem, moderno, dinâmico e esbanjando energia política".

Na ação, o procurador pede a retirada imediata da circulação da publicação e do link no site da revista. A procuradoria pede ainda a aplicação de multa de R$ 25 mil ao pré-candidato.

"Mais uma vez, um pré-candidato faz ostensiva divulgação fora de época de promessas eleitorais. Nesse caso, a infração foi praticada através de veículo de circulação livre", disse o procurador, em nota.

O senador afirmou, por sua assessoria, que não pode ser alvo de ação por conceder uma entrevista. O diretor da publicação, José Natal, afirmou que a circulação é restrita a Brasília e que apenas fez "uma entrevista e o senador respondeu as perguntas".
 

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?