Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

GUILHOTINA

Justiça fluminense liberta 40

20 ABR 2011Por AGÊNCIA BRASIL00h:00

A Justiça do Rio de Janeiro concedeu ontem (19) habeus corpus colocando em liberdade 40 presos da Operação Guilhotina, deflagrada pela Polícia Federal em fevereiro deste ano. Entre os acusados está o delegado Carlos Antônio de Oliveira, ex-subchefe operacional da Polícia Civil do Rio de Janeiro e que, quando foi preso, tinha acabado de assumir a Subsecretaria de Operações da Secretaria Especial de Ordem Pública da prefeitura carioca.

Na ação proposta pelo Ministério Público foram denunciados 47 pessoas, a maioria policiais civis e militares. Deles, sete estavam em liberdade. Todos respondem pelos crimes de formação de quadrilha armada, peculato, corrupção passiva, comércio ilegal de arma de fogo, extorsão qualificada, entre outros delitos. A decisão da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio foi unânime.

Leia Também