Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 02h52min

Justiça Eleitoral tira do ar propaganda de Lula

16 MAR 10 - 07h:54
O PSDB e o PMDB obtiveram ontem na Justiça Eleitoral a suspensão da propaganda partidária do PT, que vinha exibindo na TV. Na peça, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenta aproximar sua pré-candidata à Presidência, ministra Dilma Rousseff, de São Paulo, Estado que reúne o maior colégio eleitoral do País. Na propaganda, Dilma afirma ter “muito carinho e respeito” por São Paulo e Lula emenda que ela é uma “mineira com a cara e a alma de São Paulo”. Ao acolher a representação das duas legendas, o desembargador e corregedor regional eleitoral Alceu Penteado Navarro destacou que a peça ultrapassou “os limites estabelecidos pelo artigo 45 da lei 9.096/95”, que trata da propaganda partidária gratuita. No seu entendimento, o PT usou o programa para promover a ministra, ferindo o artigo que trata, entre outras coisas, da “proibição de propaganda de candidatos a cargos eletivos e a defesa de interesses pessoais ou de outros partidos”.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Busca por música do Skank dispara 1.150% após confusão com letra nas redes sociais
"MACACO CIDADÃO"

Busca por música do Skank dispara 1.150% após confusão com letra nas redes sociais

ATIVIDADE ECONÔMICA

Governo destina R$ 62 milhões para o turismo em Brumadinho

Mãos que falam:
LUIS PEDRO SCALISE

Mãos que falam: "Encanto"

Aprenda a fazer Caldo Verde para os dias mais chuvosos
RECEITAS

Aprenda a fazer Caldo Verde para os dias mais chuvosos

Mais Lidas