domingo, 15 de julho de 2018

prisão preventiva

Justiça decreta prisão de Mizael e de comparsa

8 DEZ 2010Por AGÊNCIA ESTADO, SÃO PAULO02h:30

A Justiça de Guarulhos decretou a prisão preventiva do ex-policial Mizael Bispo de Souza e do vigia Evandro Bezerra da Silva, acusados de matar a advogada Mércia Nakashima, ex-namorada de Mizael. Também foi determinado ontem que ambos irão a júri popular.

Mizael foi denunciado pelo Ministério Público (MP) por homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, emprego de meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima) e ocultação de cadáver.

Sob Evandro pesam as acusações de homicídio duplamente qualificado (emprego de meio cruel e mediante recurso que tornou impossível a defesa da vítima) e ocultação de cadáver. Ele foi denunciado como partícipe porque sabia da intenção de Mizael de cometer o assassinato e aceitou colaborar com a prática do crime.

Leia Também