Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MUNDO

Justiça condena vice-presidente do Iraque à morte

Justiça condena vice-presidente do Iraque à morte
09/09/2012 13:30 - G1


A justiça iraquiana condenou neste domingo (9) à morte o vice-presidente Tarek al-Hashemi, um dos principais dirigentes sunitas do país, por comandar esquadrão de morte, segundo as agências de notícias Reuters e France Presse.

O secretário de Hashemi, que também é seu genro, recebeu a mesma sentença.
Tarek al-Hashemi está refugiado na Turquia.

Hashemi, julgado à revelia, era alvo de 150 acusaçõe, assim como membros de seu gabinete acusados principalmente pelo assassinato de seis juízes e vários dirigentes, incluindo o diretor-geral do ministério da Segurança Nacional.

Mas tanto ele como seu secretário pessoal foram condenados à morte pelo assassinato de uma advogado e do general Talib Belasim.

"As provas apresentadas à corte contra Tarek al Hashemi e (seu secretário) Ahmed Qahtan bastam para condená-los pelos dois assassinatos", afirmou o presidente do tribunal ao ler a sentença.

Há meses ele denuncia o processo judicial com uma finalidade puramente política por causa do conflito entre o bloco Iraqiya, ao qual pertence, dominado por sunitas, e o primeiro-ministro, o xiita Nuri al Maliki, a quem acusa de autoritarismo.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...