Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FUNCIONÁRIO DE POSTO

Justiça concede aposentadoria especial

14 AGO 12 - 16h:15DA REDAÇÃO

A Justiça acatou o pedido do frentista Orlando de Carvalho Hoffmann, que requereu o benefício de aposentadoria especial, por trabalhar em postos de combustíveis, manipulando produtos químicos à base de hidrocarbonetos e outros compostos de carbono. A informação é do Sinpospetro/MS (Sindicato dos Empregados em Postos de Serviço de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de MS).

A decisão, segundo a entidade, foi tomada pelo juiz federal Paulo Sérgio Ribeiro, do Juizado Especial Federal Previdenciário da 3ª Região. Ele deu prazo de 15 dias para que o INSS implante o benefício de aposentadoria especial em favor do trabalhador que atuou durante25 anos e 22 dias dentro do critério de “condições especiais”, estabelecidos em lei.

O juiz federal fundamentou sua decisão com base a algumas leis e também pelo artigo 201,parágrafo 1º da Constituição Federal, que assegura a quem exerce atividade nessas circunstâncias, prejudiciais à saúde ou à integridade física, a adoção de requisitos e critérios diferenciados para a concessão do benefício correlato.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Polícia apreende 255 quilos de cocaína em carreta construída para o tráfico
PREJUÍZO AO TRÁFICO

Polícia apreende 255 quilos de cocaína em carreta construída para o tráfico

Ação pede anulação de questões de prova de concurso para professores
SUPOSTAS IRREGULARIDADES

Ação pede anulação de questões de prova de concurso para professores

Bolívia e gigante russa fecham acordo para venda de ureia ao Brasil
GÁS NATURAL

Bolívia e gigante russa fecham acordo para venda de ureia ao Brasil

Fernanda Montenegro chega aos 90 anos com carreira de sucesso
ATRIZ

Fernanda Montenegro chega aos 90 anos com carreira de sucesso

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião